Madalena, L. H. e Beber, R. (2013) “O SENTIMENTO CONSTITUCIONAL COMO MEIO PROPICIADOR DO DESVELAMENTO DA CONSTITUIÇÃO (ACONTECER CONSTITUCIONAL): DE COMO O ARTIGO 344, I, DO CPC NÃO CHANCELA A DISCRICIONARIEDADE JUDICIAL”, Revista da Faculdade de Direito do Sul de Minas, 29(1). Disponível em: https://revista.fdsm.edu.br/index.php/revistafdsm/article/view/521 (Acessado: 25junho2024).