GREVE DE FOME: O MITO DO MEIO NÃO VIOLENTO DE RESOLUÇÃO DE CONFLITOS

Autores

  • Caroline Liebl OAB

Palavras-chave:

Greve de fome, Conflito, Violência, Direito

Resumo

Walter Benjamin, que compõe o marco teórico desta pesquisa, contrapõe a violência como meio à violência como fim. Sob tal perspectiva, é possível suscitar a ausência de pacificidade da greve de fome como instrumento, na contramão do que vem sendo disseminado. Assim, objetiva-se expô-la como recurso violento de resolução de conflitos, identificar os tipos de greve de fome considerando diferentes parâmetros, analisar a relevância da publicidade do ato do grevista, bem como a necessidade de sua vitimização para atingir os objetivos da greve, e debater a alimentação compulsória. Para tanto, utiliza-se o método hipotético-dedutivo ao se partir da hipótese de que a violência é inafastável nos casos de greve de fome, com uma abordagem analítica e crítica, por meio de pesquisa bibliográfica e documental em reportagens, literatura médica, jurídica e sociológica; e, por meio do método comparativo, verifica-se a presença de possíveis padrões entre os dados coletados, desvendando-se os tipos de greve de fome.

Biografia do Autor

Caroline Liebl, OAB

Advogada, parecerista, consultora e professora. Mestra pela Universidade Federal do Maranhão em Políticas Públicas (CAPES 6), com bolsa financiada pela CAPES. Membro do Instituto Brasileiro de Direito de Família. Pós-graduada em Docência do Ensino Superior. Pós-graduanda em Direito de Família e Sucessões. Graduada em Direito pela Universidade Federal do Maranhão. Foi servidora pública no Ministério Público do Estado do Maranhão e professora de graduação dos cursos de Direito e Administração. Integrou o Grupo de Pesquisa Cultura, Direito e Sociedade, registrado no Diretório dos Grupos de Pesquisa do CNPq, participando da linha Direito, Estado e Controle Social, e também o Núcleo de Estudos em Direitos Humanos e Biodiversidade - NEDH-Bio/UFMA. Atua como pesquisadora em temáticas relacionadas a Direito de Família, Políticas Públicas e Sociologia Jurídica

Downloads

Publicado

2015-08-01

Como Citar

LIEBL, C. GREVE DE FOME: O MITO DO MEIO NÃO VIOLENTO DE RESOLUÇÃO DE CONFLITOS. Revista da Faculdade de Direito do Sul de Minas, [S. l.], v. 31, n. 2, 2015. Disponível em: https://revista.fdsm.edu.br/index.php/revistafdsm/article/view/102. Acesso em: 22 jun. 2024.