JUSTIÇA RESTAURATIVA COMO MODALIDADE DE JUSTIÇA INCLUSIVA

Autores

Palavras-chave:

Justiça restaurativa, Mediação de conflitos, Mediação penal, Mediação vítima-ofensor

Resumo

O trabalho tem como objetivo compreender a mediação e seu enquadramento no contexto penal nacional, sob o olhar de uma Justiça Restaurativa. Diante do pouco êxito do aparato penal tradicional, tem-se a necessidade de implementação de novos mecanismos alternativos, a fim de oferecer maior eficiência ao sistema retributivo criminal, ou seja, uma melhor forma de solução dos conflitos. Para tanto, a Justiça Restaurativa surge como resposta a esta deficiência, por meio da mediação vítima- -ofensor. A metodologia utilizada constituiu-se em pesquisa teórica e de uma revisão literária, com investigação descritiva.

Biografia do Autor

Angelina Cortelazzi Bolzam , UNIMEP

Bacharel em Direito pela Universidade Metodista de Piracicaba (2009-2013). Mestre em Direito pela Universidade Metodista de Piracicaba (2014-2016). Doutoranda em Educação pela Universidade Metodista de Piracicaba (2020) Advogada associada - Escritório de Advocacia Bolzam (2015- atual). Conciliadora do Juizado Especial Cível e Criminal da Comarca de Rio das Pedras (2016). Integrante da Comissão de Aprimoramento Profissional da OAB de Piracicaba (2016). Professora da Universidade Metodista de Piracicaba- UNIMEP no Curso de Direito (2019- atual) Professora da Faculdade Pecege no Curso Superior de Tecnologia em Processos Gerenciais (2019- atual) Membro Representante Docente da Comissão Própria de Avaliação da Faculdade Pecege- CPA Pecege (2019- atual) 

Rafael Fernando dos Santos , UNASP

Mestre em Direito pela Universidade Metodista de Piracicaba - UNIMEP (2016). Bacharel em Direito pelo Centro Universitário Adventista de São Paulo - UNASP (2009). Advogado (2010) e Sócio da Casoni e Santos Sociedade de Advogados (2016). Tem experiência na área de Direito, com ênfase em Direito Público. Professor dos cursos de Graduação e Pós-Graduação da Faculdade de Direito do Centro Universitário Adventista de São Paulo - UNASP (2017). Consultor Jurídico de assuntos relacionados ao agronegócio, notadamente nas áreas Tributária e Regulatória

 

Downloads

Publicado

2017-02-01

Como Citar

CORTELAZZI BOLZAM , A. .; DOS SANTOS , R. F. JUSTIÇA RESTAURATIVA COMO MODALIDADE DE JUSTIÇA INCLUSIVA. Revista da Faculdade de Direito do Sul de Minas, [S. l.], v. 33, n. 1, 2017. Disponível em: https://revista.fdsm.edu.br/index.php/revistafdsm/article/view/162. Acesso em: 19 maio. 2024.