Educação em e para os direitos humanos e pedagogia crítica: direitos humanos são apenas para infratores penais?

Autores

Palavras-chave:

Educação, Direitos humanos, Pedagogia crítica

Resumo

 

Resumo / Palavras-chave: O discurso de que os direitos humanos somente advogam em favor de reeducandos penais tem adquirido bastante adesão dos subalternos desse mundo, o que é particularmente perigoso, porque tem repercutido negativamente na concretização das pautas desses direitos que foram inventados principalmente para favorecer a dignidade dos oprimidos. Mas por que isso tem acontecido? Diante desse questionamento, o objetivo deste artigo é analisar a importância da educação em e para os direitos humanos, sob uma perspectiva freiriana, para a desconstrução da tese de que esses direitos servem apenas para proteger pessoas que cometeram crimes. Para tanto, utilizaram-se o método dedutivo e a pesquisa bibliográfica de cunho crítico, o que resultou na conclusão de que a educação em e para os direitos humanos, por meio da conscientização de alunos e alunas, pode favorecer a emancipação dos oprimidos desse mundo que absorvem a tese ora contestada e que acabam por reproduzi-la.

Biografia do Autor

Alexandre Magno Tavares da Silva, UFPB

Professor Associado II na Universidade Federal da Paraíba. Docente do Departamento de Metodologia da Educação, área de Ciências Sociais e Educação Popular (2008-atual). Professor do Programa de Pós-graduação em Direitos Humanos na Linha Políticas Públicas em Educação em Direito Humanos (2017-atual). Graduação em Ciências Sociais (1982-1985/UFPE), Mestrado em Educação Popular (1992-1995/UFPB), Doutorado em Ciências da Educação (1996-2000/Johann Wolfgang Goethe Universität/Frankfurt/Alemanha - http://publikationen.ub.uni-frankfurt.de/frontdoor/index/index/docId/34524). Participante e Coordenador do GT-Brasil do Projeto “Ampliação do Direito Humano à Educação” (Erweiterung des Menschenrechts auf Bildung). Pós -Doutorado na Cátedra Paulo Freire/UFPE com a pesquisa “SENTIR, PENSAR E AGIR DE UMA PEDAGOGIA SOCIAL CRÍTICA DE INSPIRAÇÃO FREIREANA: travessias e andarilhagens teórico-metodológicas para a formação de educadores e educadoras em Educação em Direitos Humanos em espaços escolares e não escolares”. Integrante da Cátedra Paulo Freire-UFPE e Vice coordenador do Núcleo de Cidadania e Direitos Humanos/UFPB. Realiza estudos nos seguintes temas: (1) - Pedagogia Social Crítica de inspiração freireana (kritischer sozialpädagogik und Paulo Freire); (2) Educação em Direitos Humanos em Paulo Freire (Menschenrechtsbildung und Paulo Freire); (3) Crianças e adolescentes enquanto sujeitos sociais (Kinder und Jugendliche als Subjekte); (4) Pedagogia Social na escola (Schulsozialarbeit); (5) Estudos frerieanos na pedagogia crítica Alemã).

Downloads

Publicado

2019-09-30

Como Citar

CAVALCANTE RODRIGUES, J. W.; MAGNO TAVARES DA SILVA, A. Educação em e para os direitos humanos e pedagogia crítica: direitos humanos são apenas para infratores penais?. Revista da Faculdade de Direito do Sul de Minas, [S. l.], v. 35, n. 2, 2019. Disponível em: https://revista.fdsm.edu.br/index.php/revistafdsm/article/view/212. Acesso em: 22 jun. 2024.