: PONDERAÇÕES SOBRE A TEORIA DA EDUCAÇÃO MORAL DE ÉMILE DURKHEIM E SEUS LIMITES PARA A EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS

Autores

  • Olga Jubert Gouveia Krell UFAL

Palavras-chave:

Émile Durkheim, educação moral, educação em direitos humanos

Resumo

Já no início do século XX, o sociólogo Émile Durkheim defendia que as crianças deveriam passar nas escolas por uma educação moral, que considerava indispensável para a unidade da sociedade francesa e seus valores humanistas. O seu modelo educativo, baseado na disciplina, adesão ao grupo e na autonomia da vontade, é precursor para a educação cívica contemporânea, especialmente a educação em direitos humanos. Nesta visão, a submissão ao grupo social não colide com a autonomia individual, visto que a pessoa jovem deve aderir aos valores comuns por vontade própria, por meio da educação. A teoria durkheimiana pode servir até hoje de inspiração para novos modelos pedagógicos para a formação da cidadania plena de jovens nas escolas brasileiras. A política da educação em direitos humanos (EDH) é exemplo de uma educação moral que ainda pode explorar melhor as bases do pensamento durkheimiano para chegar a uma implementação mais efetiva.



Biografia do Autor

Olga Jubert Gouveia Krell, UFAL

Possui Mestrado (1999) e Doutorado (2005) em Direito Público pela Universidade Federal de Pernambuco. Desde 2006, é Professora (hoje Associada) na Faculdade de Direito da Universidade Federal de Alagoas (FDA/UFAL), no regime de dedicação exclusiva (DE), lecionando a matéria Sociologia do Direito nos Cursos de Graduação e de Mestrado em Direito. Em 2014-2018 exerceu a função de Coordenadora do Núcleo de Pesquisa (NPE/FDA). Tem experiência na área de Sociologia do direito atuando principalmente nos seguintes temas referentes a PIBIC e extensão: Acesso à justiça. Escreve sobre as seguintes temáticas: Acesso à justiça, pluralismo jurídico, mudanças sociais e jurídicas na família brasileira

Downloads

Publicado

2016-02-01

Como Citar

JUBERT GOUVEIA KRELL, O. : PONDERAÇÕES SOBRE A TEORIA DA EDUCAÇÃO MORAL DE ÉMILE DURKHEIM E SEUS LIMITES PARA A EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS. Revista da Faculdade de Direito do Sul de Minas, [S. l.], v. 32, n. 1, 2016. Disponível em: https://revista.fdsm.edu.br/index.php/revistafdsm/article/view/128. Acesso em: 16 jun. 2024.