MEDIAÇÃO, SENSIBILIDADE E CIDADANIA: COMPONENTES ESTRUTURAIS DE SUSTENTABILIDADE COMUNITÁRIA RESUMO

Autores

Palavras-chave:

Mediação, Sensibilidade, Cidadania

Resumo

O presente ensaio teórico se faz articulando mediação, autonomia, direitos humanos, cidadania e democracia. A mediação tomada como formação cidadã exemplifica as demandas multifacetadas que contornam e desafiam diferentes aspectos sociais e culturais, indo além da intra e interculturalidade, tornando-se transculturais ou locais/globais. Pensa-se a mediação como condição de autonomia e mecanismo de empoderamento da sociedade civil. A mediação como um processo no qual a participação, responsabilização e principalmente a escuta do outro seja uma atitude a ser perseguida no cotidiano das pessoas. Assim, a mediação pode ser uma ferramenta de formação de uma cultura de paz e de realização da cidadania, contribuindo para a construção de um novo modelo de sustentabilidade e de desenvolvimento social.

Biografia do Autor

João Martins Bertaso , : UEA/URI

Pesquisador registrado no CNPq. Possui pos doutoramento pela UNISINOS. Doutor em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina 2004). Mestre em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina (1998). Especialista em direito pela UFSM. Graduado em Direito pela Faculdade de Direito de Santo Ângelo (FADISA/1982) e em Pedagogia pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Santo Ângelo (1976). Professor Pesquisador vinculado a URI - Universidade Regional Integrada, de Santo Ângelo-RS. Coordenador executivo do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Direito - Mestrado e Doutorado - URI - Ângelo-RS. Líder do grupo de pesquisa intitulado "Conflito, Cidadania e Direitos Humanos", vinculado ao CNPq. Atuou em programas de voluntariado pelo Projeto Rondon (1976-1985). Possui experiência em gestão do ensino do Direito. Desenvolve pesquisa em cidadania, direitos humanos e psicanálise.

Alini Bueno dos Santos Taborda , URI

Graduada em Direito pelo IESA - Instituto de Ensino Superior de Santo Ângelo. Especialista em Direito Tributário e Exercício do Magistério Superior pela UNISUL - Universidade do Sul de Santa Catarina. Especialista em Formação Pedagógica para Docentes pelo SEG - Sistema Educacional Galileu e Celer Faculdades, contando com mais de 300 horas de práticas docente. Pesquisadora Internacional e Professora Visitante na Universidad de Sevilla (España)-2015, com período de pesquisa/investigação de mestrado. Mestra em Direitos Especiais e Doutoranda em Direito pela URI-Campus Santo Ângelo/RS; Bolsista/taxa CAPES. É integrante dos grupos de pesquisa: Novos Direitos em Sociedades Complexas; Conflito, Cidadania e Direitos Humanos; Empreendedorismo, Gestão e Direito para o Desenvolvimento, todos vinculados ao CNPq. Inscrita na OAB/RS sob o número 85.059. Professora de Direito na URI- Campus Cerro Largo/RS. Representante da Internacionalização na Uri - Campus de Cerro Largo. Tem experiência na área de Direito, atuando principalmente nos seguintes temas: Direito Civil, Família e Sucessões, Direitos Humanos e Cidadania, Direito Administrativo. Email para contato alinitaborda@gmail.com

Downloads

Publicado

2019-02-01

Como Citar

MARTINS BERTASO , J. .; BUENO DOS SANTOS TABORDA , A. . MEDIAÇÃO, SENSIBILIDADE E CIDADANIA: COMPONENTES ESTRUTURAIS DE SUSTENTABILIDADE COMUNITÁRIA RESUMO. Revista da Faculdade de Direito do Sul de Minas, [S. l.], v. 35, n. 1, 2019. Disponível em: https://revista.fdsm.edu.br/index.php/revistafdsm/article/view/302. Acesso em: 13 ago. 2022.