Discurso de ódio e psicologia das massas: o poder destrutivo das palavras

Autores

Palavras-chave:

Discurso de ódio, Psicologia das massas, Direito penal, Convívio social

Resumo

O presente artigo almeja demonstrar como as atuações do discurso de ódio e da psicologia das massas podem causar reflexos no âmbito penal. Neste sentido, apontar considerações sobre a influência de determinados paradigmas sociais nas próprias relações interpessoais, gerando dissabores imorais, antiéticos e ilegais. Para tanto, utilizou-se do método dedutivo e dos argumentos condicionais, se valendo da bibliografia temática específica e correlata, bem como da legislação em vigor. Como resultado, foi permissível identificar pontos de ligação entre os elementos centrais da pesquisa, desencadeando em condutas reprováveis em todos as dimensões da vivência na sociedade brasileira e ensejando um aprofundamento nas discussões jurídicas.

Biografia do Autor

Gilberto Giacoia, UNESPAR

Possui graduação em Direito pela Faculdade Estadual de Direito do Norte Pioneiro (1979), doutorado em Direito pela Universidade de São Paulo (1995) e pós-doutorados pelas Universidade de Coimbra e Universidade de Barcelona. Atualmente é professor associado da Universidade Estadual do Paraná e procurador de justiça do Ministério Público do Estado do Paraná. Tem experiência na área de Direito, com ênfase em Direito Penal, atuando principalmente nos seguintes temas: direitos humanos, justiça, direitos fundamentais, dignidade e direito.

João Ricardo dos Santos

Mestre em Ciência Jurídica pela Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP). Pós-graduando em Direito Penal e Criminologia pelo Centro Universitário Internacional (UNINTER) em convênio com o Instituto de Criminologia e Política Criminal (ICPC). Graduado em Direito pelo Centro Universitário das Faculdades Integradas de Ourinhos (UNIFIO). Foi Professor na disciplina de Direito Civil I (Parte Geral), na Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), por intermédio do Estágio Docência. Membro do Grupo de Pesquisa Certificado pelo CNPq: Ideologia do Estado e Estratégias Repressivas, da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP). Advogado atuante nas áreas Cível e Criminal. Autor da obra "Coculpabilidade no Brasil sob a ótica das ciências criminais: vulnerabilidade social no juízo de reprovação penal", publicado pela Editora Thoth. É pesquisador, autor de artigos e trabalhos científicos na área jurídica, com ênfase nos temas: Direito Penal, Processo Penal, Criminologia, Direitos Humanos, Política Criminal.

Downloads

Publicado

2020-08-01

Como Citar

GIACOIA, G.; DOS SANTOS, J. R. Discurso de ódio e psicologia das massas: o poder destrutivo das palavras. Revista da Faculdade de Direito do Sul de Minas, [S. l.], v. 36, n. 2, 2020. Disponível em: https://revista.fdsm.edu.br/index.php/revistafdsm/article/view/92. Acesso em: 28 maio. 2024.